terça-feira, 8 de setembro de 2015

Motivação no trabalho, você tem?

Geralmente na virada de ano, costumamos avaliar como está a nossa vida. O que precisamos mudar, melhorar, fazemos um planejamento, estabelecemos meta e por aí vai...
Mas você não precisa esperar o fim do ano chegar; todo dia é dia de se auto-avaliar.
Que tal começar avaliando seu lado profissional? 
Você está motivado no seu trabalho, na sua profissão, no seu emprego? 
Está feliz com as escolhas profissionais que fez?


Para entender melhor essa questão Trabalho X Motivação, conversei com a psicóloga especialista em gestão de pessoas, Jurema de Andrade Bressan, que nos contou que esse assunto é estudado a muitos anos, inclusive já foi abordado por Freud, o pai da psicanálise.


O trabalho é considerado uma das maiores causas de ansiedade, angustia e sofrimento das pessoas. A psicóloga diz que cada um tem uma explicação para a falta de motivação no trabalho: "Baixo salário, trânsito, relação com chefia ou colegas, e tantas outras causas possíveis. Tudo isso gera uma angústia que pode levar a pessoa ao adoecimento".
A psicóloga explicou que começamos a estabelecer como será o nosso relacionamento com o mundo de trabalho desde a infância. Por isso, os pais tem um papel muito importante nesse quesito.
"Os pais não devem, por exemplo, dizer: eu sofro no trabalho, mas ele me dá dinheiro; vou lá matar um leão para ganhar dinheiro; Não é fácil ter sucesso. O mais adequado seria, vou trabalhar para conquistar o meu dinheiro. Dessa forma,  estamos contribuindo para formar adultos capazes de conquistar e não só querer ganhar. Consequentemente a isso, não iremos mais relacionar ter  sucesso a ter dinheiro e isso é buscar a  motivação. Afirmou a psicóloga.

Bom, sabendo então que a motivação profissional é extremamente necessária para que não adoeçamos, precisamos encontrar maneiras de não só conquistar, mas também manter essa motivação diariamente em nossa rotina de trabalho.
Resolvi então perguntar a uma grande profissional e amiga, o segredo de estar sempre feliz no trabalho. E ela contribuiu prontamente. Está aí o depoimento dela - Jô Cembalista:

"Sou radialista há 14 anos, há dez trabalho na Rádio Clube AM 890 - Canoinhas/SC. Considero-me uma pessoa de muita sorte em ter uma profissão que me faz feliz e me completa. 

O segredo está na dedicação, amor, carinho e prazer em realizar sua profissão, seja ela qual for. O bom humor faz parte do pacote. Ninguém quer por perto uma pessoa triste, baixo astral, que só sabe reclamar e choramingar. A vida está à sua espera, com inúmeras oportunidades, basta querer e não ter preguiça de correr atrás de seus sonhos!

Eu também tenho meus anseios, tem dias que a gente já acorda meio assim, cabisbaixo, sem ânimo. Mas a magia do Rádio é tão grande que quando entro no Estúdio, coloco o fone e ligo o microfone esqueço tudo, é impressionante o poder que esses equipamentos, instrumentos de trabalho exercem em mim. Fazer parte da vida das pessoas através do Rádio é incrível, somos tão íntimos e nem nos conhecemos pessoalmente. 

Lembre-se: Quando se propuser a fazer algo, por mais simples que seja, faça com amor e dê sempre o máximo, dedique-se e o reconhecimento vem. Veja a vida de uma forma simples, não fique complicando tudo. E pense positivo que coisas boas acontecerão!" 

Eu amo o que faço, trabalhar nessa área sempre foi meu desejo, desde menina eu sonhava ser locutora, e hoje valorizo meu trabalho, minha profissão. É fundamental destacar que a Rádio Clube é minha segunda casa, meus amigos, companheiros de trabalho são parceiros maravilhosos! Afinal ninguém faz nada sozinho, somos uma equipe.



E aí, deu pra refletir um pouquinho sobre como está sua motivação profissional? 

Se você, assim como a Jô, já encontrou o seu trabalho dos sonhos, está realizado profissionalmente  e todos os dias vai trabalhar feliz, então valorize essa sensação tão boa e divida esse sentimento com os seus colegas de trabalho. Mostre como é importante ter um ambiente harmonioso de trabalho. E mesmo assim não deixe de se renovar sempre, afinal o mercado de trabalho está em constante mudanças e é preciso se atualizar para se adaptar a elas.
Mas se por acaso você percebeu que não tem ânimo e não se sente motivado diariamente para executar suas funções, então mexa-se, siga as dicas de hoje e vá em busca de algo que te traga prazer e que você realmente goste de fazer.

 Há! e não esqueça de compartilhar essa experiência com a gente :)

4 comentários:

  1. Deixo aqui também uma opinião:
    Com a crise econômica que existe hoje no mundo, é complicado simplismente sair de um trabalho estável, ás vezes é até arriscado. Por mais que não seja o emprego dos sonhos, aquilo para o qual estudamos, ou lutamos. Famílias com filhos para sustentar, casas para pagar e por aí vai. Talvez pareça um pouco sonhador largar tudo e ir em busca da realização profissional, e sabemos que na prática as coisas não funcionam assim, infelizmente. O que eu acredito, é que podemos fazer é encontrar satisfação de outras formas. Vou dar um exemplo: Estudei Jornalismo no Brasil e vivo em Portugal. Talvez se tivesse corrido atrás estaria a trabalhar na área, mas não corri. E o tempo passou! Virei mãe...encontrei um emprego estável. E aqui estou a quase 10 anos no mesmo trabalho. FELIZ! Sim! Primeiro porque consegui ao longo destes anos criar fortes laços de amizade com os colegas de trabalho, hoje amigos! E isso para mim é uma grande motivação para acordar e estar aqui.
    Como sempre gostei de pesquisar, escrever e cozinhar há alguns anos (quase 4) criei um blog de cozinha. Este blog é mais do que partilhar receitas! Pesquiso dicas de saúde, escolhe frases otimistas para começar as receitas, etc, etc. Ou seja, escrevo, leio, pesquiso...sou um pouco jornalista! De uma maneira diferente, sim é verdade, mas sou! E agora além de jornalista, sou cozinheira e mãe! E ao invés de pensar que sou uma coitadinha que estudou e hoje trabalha fora da área , o que mentalizei é que como sou mãe, tenho a sorte de ter um emprego estável, sou blogueira nas horas vagas, cozinheira a tempo inteiro e de quebra escolhi fazer um curso que me motiva e que nunca fiz ( o inglês)...

    O que quero dizer com toda essa narrativa da minha vida (e me perdoem por isso)...é que as coisas mudam! A vida é como uma diamante. E este diamante precisa ser lapidado e a cada dia tem uma forma diferente, mas sempre, sempre, sempre LINDA! Basta olhar com olhos de ver!
    Mudar o que pode ser mudado e aceitar o que não pode!
    Se em tempos de crise acha arriscado mudar de emprego apesar de não gostar; comece por mudar as tuas atitudes perante ao seu trabalho atual. Mude a maneira de tratar os colegas, mude o pensamento...agradeça! E se for possível encontre fora do local de trabalho outras motivações. Tenho a certeza que fará toda a diferença!

    Sorte a todos!
    Dani

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto... muito útil... curti

    ResponderExcluir